Thiago Sagi encerra interpretações de Elis Regina no Viva Elis 2018

1

O último Viva Elis do Bar Valentino (Av. Pref. Faria Lima, 486) neste ano dá lugar à voz masculina na interpretação das canções interpretadas por Elis Regina. Quem sobe ao palco é o cantor e compositor Thiago Sagi, com a missão de mostrar ao público uma Elis diferente do que se está acostumado a ver. A apresentação será na quinta-feira (25), a partir das 21h, com ingressos a R$ 15.

Thiago vai dar voz a Elis Regina (Foto: Marcelo Castello Branco/Divulgação)

“Fui convidado para fazer o Viva Elis, é a primeira vez que faço. Não era muito comum a gente ver cantores homens fazendo”, diz Thiago, para quem Elis Regina é, sem sombra de dúvidas, não apenas a cantora favorita, mas realmente a maior do Brasil. “Não é questão de tê-la como preferida, porque isso é pessoal. Mas se analisarmos de maneira técnica e a importância histórica para a siga MPB [música popular brasileira], é impossível não dizer que ela é a maior cantora do Brasil.”

Thiago quer apresentar uma Elis diferente do que as cantoras que sobem ao palco do Viva Elis costumam cantar. “Tenho que ter o cuidado para trazer uma imagem da Elis que o público não conhece”, diz. E cita uma infinidade de coisas que Elis Regina fez ou foi: apresentou programa de televisão, mesmo veículo onde foi lançada, nos festivais da década de 1960; gravou a maior parte dos principais compositores da MPB; tinha uma capacidade de comunicação extraordinária; e foi elogiada por e comparada a grandes nomes internacionais.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta