‘Leste Oeste’, 1º longa londrinense, é premiado pela 4ª vez, agora na Holanda

0

É uma alegria poder ver que um trabalho bem feito e totalmente local esteja sendo reconhecido internacionalmente. Não é ser bairrista, mas é querer valorizar os talentos que a terra roxa produz, mesmo que esses talentos não sejam naturalmente daqui. Tal qual foi o Jabuti Renato Forin, semana passada, é o longa Leste Oeste (2016, 86 min), dirigido por Rodrigo Grota e produzido por Guilherme Peraro.

Bruno Silva, que atua no longa Leste Oeste

O filme, o primeiro longa produzido totalmente em Londrina, com cenários e equipes daqui – exceto dois atores de fora, conquistou um dos Prêmios Van Gogh, na 8ª edição do Amsterdam Film Festival, na Holanda. Assim como o livro Samba de uma noite de verão de Renato Forin, Leste Oeste foi produzido pela Kinopus com patrocínio do Promic (Programa Municipal de Incentivo à Cultura).

O prêmio recebido foi o Prêmio Especial do Júri para Melhor Longa Dramático Internacional. Na realidade, é o quinto reconhecimento do longa, que já conquistou prêmios desde a estreia, no Cine PE, em Recife, além de outros festivais nos EUA e no México. Fora as participações em um sem-número de festivais pelo Brasil.

Acompanhei a produção do filme, desde as matérias que fiz ainda no saudoso Jornal de Londrina (JL), como também a estreia, já na produção do blog no G1. O link das três matérias está logo abaixo. Entre os destaques na atuação estão Simone Iliescu e Felipe Kannenberg, de fora, e elenco local: Bruno Silva, José Maschio, Filipe Garcia, Letícia Conde e Edu Reginato nos papéis principais.

No blog do G1:
06/05
18/08
26/08

Assista ao teaser, já que o longa, embora tenha sido exibido em festivais e em Londrina em sessão única, tem previsão de estreia para o primeiro semestre de 2018:

Deixe uma resposta